Matérias

Samantha Barijan e Joana Cortez são as campeãs do Mundial Beach Tennis

Mais uma etapa do Mundial Beach Tennis chegou ao fim no domingo (27), com disputas acirradas nas areias de Matinhos. Foram cinco dias de jogos nas categorias Profissional, A, B,C, Master 40+ e 50+ e o sub-14, naipes feminino e masculinos e duplas mistas. Samantha Barijan e Joana Cortez venceram após um jogo equilibrado a dupla Rafa Miller e Marcela Vita.

No começo da manhã aconteceram as semifinais simultaneamente. Rafaella Miller e Marcela Vitta venceram Nathália Fontes e Flávia Muniz e, Samantha Barijan e Joana Cortez e venceram após um jogo difícil e equilibrado a dupla Raquel Iotte e Lorena Melo.

Como uma final de respeito, em quadra quatro das melhores atletas do Brasil. Barijan que já foi número 1 do mundo, campeã mundial, campeã pan-americana, e dona de títulos nacionais e internacionais e sua parceira Joana Cortez, que fez história no tênis ao lado de Vanessa Menga e Teliana Pereira, é a tenista ganhadora do maior número de medalhas de ouro em pan-americanos e também já foi número 1 do mundo (2013-2014).

E do outro lado da quadra e ovacionada pela torcida, a dupla paranaense Rafaella Miller e Marcela Vita. Rafa Miller conquistou o título mundial ao lado da alemã Maraike Biglmaier, na Itália, é a atual número 1 do mundo e Marcela Vita e 10ª no ranking mundial fez parte da Seleção Brasileira em 2017 na Rússia e é uma das maiores incentivadoras do esporte na capital do Paraná.

Vibrando a caba ponto da dupla paranaense, a torcida ao final aplaudiu muito as “visitantes” Barijan e Joana Cortez, que foram as grandes campeãs da etapa de Caiobá do Open Beach Tennis 2019.

“Eu sou do perfil que não escuta o lado de fora, já minha parceira é do perfil que quanto mais torcida contra, ela joga melhor. Mas isso faz parte, quando o meu jogo é no Rio é da mesma forma, isso faz parte do jogo, do atleta saber jogar na diversidade”, relevou Barijan.

Faz parte do jogo o frio na barriga e a grande emoção de vencer uma final.

“Eu estou muito feliz, eu e a Samantha jogamos juntas há muito tempo, nós somos sócias há mais de 10 anos, e há 5 anos não jogávamos juntas, estamos retornando, e na verdade essa é uma etapa preparatória para Aruba, e a gente não tinha uma expectativa muito alta, a gente sabia que vinham grandes jogadores como a Rafa e a Marcela, e ainda a torcida contra, nós jogamos muito certo hoje, tinha a questão do vento também, e nós fizemos uma grande partida, estou muito feliz”, disse Cortez.

O próximo desafio das meninas será o Aruba Beatch Tennis Open, de 12 a 17 de novembro em Aruba.

Colaboração Esporte Paraná