Matérias

Foz do Iguaçu: conheça a terra das Cataratas

Foz do Iguaçu é um dos destinos mais importantes do Brasil e também o mais visitado por estrangeiros do Paraná. Com quase 260 mil habitantes, a cidade também recebe os Jogos de Aventura e Natureza a partir do dia 28 de setembro.

Quando alguém fala em Foz do Iguaçu é automático: o principal cartão postal são as Cataratas do Iguaçu. O complexo de 275 quedas que se estendem por quase cinco quilômetros do Rio Iguaçu é, sem dúvidas, a atração que mais encanta os visitantes. A cidade também abriga a Hidrelétrica de Itaipu, a maior do mundo em geração de energia, o Parque das Aves, o Marco das 3 Fronteiras e outros atrativos.

Se você vai viajar para o município é quase obrigatório conhecer as Cataratas, uma das Sete Maravilhas Mundiais da Natureza. E, além das quedas, o Parque Nacional do Iguaçu, que é patrimônio natural da humanidade, que tem as trilhas do Poço Preto, Bananeiras e ainda o Macuco Safari – passeio que leva o turista até as cataratas em barcos infláveis.

Além das belezas naturais, Foz também tem vários estabelecimentos, casas de shows e eventos, que promovem apresentações de danças das mais diversas etnias. Para os aventureiros, a cidade também tem locais que são verdadeiros santuários ecológicos com mamíferos e aves de várias espécies, além de cenários incríveis para a prática de esportes radicais na natureza.

Dicas

Para os visitantes, a Fartal é uma festa que reúne produtores da agroindústria familiar de várias regiões do Paraná. A reunião é feita há mais de 40 anos, no mês de junho.

Outra dica é se atentar ao vestuário. Por ser uma cidade quente e, como na maioria dos pontos turísticos é preciso caminhar, é importante estar com roupas leves e confortáveis. Tênis e bermudas são sempre ótimas opções.

Uma dica importante para quem visita a Foz do Iguaçu e quer conhecer a Argentina, mais precisamente Puerto Iguazu, é levar os seguintes documentos: Passaporte, Carteira de Habilitação ou Documento de Identidade. Qualquer um dos três é aceito para entrada no país vizinho. No caso de menores de idade, é necessário autorização dos pais.