Matérias

Skate: novo esporte olímpico terá disputas em três categorias em Matinhos

O Skate – recém confirmado nas Olímpiadas de Tóquio 2020 – está entre as modalidades que farão parte dos Jogos de Aventura e Natureza do Paraná. A 1ª etapa da competição será realizada no sábado (17) e também no domingo (18), na Praça de Skate de Matinhos, no litoral paranaense.

O evento, realizado em parceria entre a federação e o governo do estado, também promove uma oficina voltada aos alunos das escolas durante toda a semana.

As competições serão nas categorias iniciante, feminino e amador aberto, no formato street. A modalidade no street – “das ruas” – é a disputada em obstáculos que simulem a arquitetura urbana, como escadas, corrimãos, bancos, hidrantes, guias e outros objetos.

Pâmela Rosa andando na pista de skate da Vila Olímpica (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O skate de rua também pode ser disputado em “Skateparks”, locais que foram construídos especialmente para a prática do esporte.

Bowl

Resultado de imagem para skate bowl
(Foto: Divulgação)

Além do street, o esporte também pode ser disputado em pistas em formato de piscinas, com mais de três metros de profundidade. É o tipo de pista mais vistos em parques ao ar livre, que também permite manobras em alta velocidade.

O skate bowl – ou bowl riding – surgiu em 1970, na Califórnia, quando o estado passou por um período de seca e as piscinas foram esvaziadas. Para skatistas e surfistas, esse momento foi divertido e utilizado para evoluir a prática do esporte nas paredes verticais.

Vertical – Half Pipe

Resultado de imagem para vertical half pipe
(Foto: Divulgação)

A modalidade que envolve mais adrenalina são os half pipes, as pistas em formato em “U”, que tem mais de 4 metros de altura. As dimensões são projetadas para dar condições aos skatistas voarem em manobras aéreas.

O maior embaixador dessa modalidade é Tony Hawk, o primeiro skatista a dar um aéreo girando duas voltas e meio em torno do próprio corpo (900°).

Colaboração Mateus Bossoni